Conecte-se conosco

Política

Aliança pelo Brasil não vai conseguir participar das eleições em 2020 – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Com a proximidade do fim do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral para que os partidos políticos obtenham o registro para disputar as eleições municipais de 2020, o Aliança pelo Brasil não vai conseguir concorrer aos pleitos municipais. Faltam menos de 40 dias para o prazo expirar.

 

Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, o partido que o presidente Jair Bolsonaro pretende criar admitiu a dificuldade — até quarta (26), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia validado apenas 3.334 assinaturas das 492 mil necessárias para a obtenção do registro.

 

O vice-presidente e principal operador da legenda, Luís Felipe Belmonte dos Santos, disse que mais de 1 milhão de assinaturas foram colhidas, mas não foram reconhecidas nos cartórios eleitorais. “Nossa parte foi feita, mas os cartórios eleitorais estão recusando todas as fichas com firma reconhecida. Eles alegam que não houve regulamentação. Além disso, o sistema cai toda hora. Os cartórios eleitorais não estavam preparados para um volume tão grande (de assinaturas)”, justificou Santos.

 

Já o TSE disse que o Aliança apresentou apenas 66.252 assinaturas, sendo 3.334 já validadas, 48.127 em prazo de impugnação, 2.593 na fase de análise dos cartórios e 12.198 consideradas inaptas.

 

Com isso, o discurso bolsonarista agora é de que não há pressa para registrar a legenda. “O presidente não está pensando na próxima eleição, mas na próxima geração. Se não der agora, não tem problema, até porque seria um risco. Não haveria tempo de, em duas semanas, formar diretórios, filiar e procurar candidatos em 5.700 municípios”, disse Belmonte. De acordo com ele, Bolsonaro “não quer quantidade, mas sim qualidade” no grupo de filiados.

Destaque

Dimas fez corpo a corpo em Alcântara neste sábado (Política) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Dimas Gadelha, candidato da coligação ‘São Gonçalo Pode Mais’ fez corpo a corpo no Centro comercial de Alcântara e distribuiu material de campanha onde apresenta as propostas de governo.

“Tenho sido muito bem recebido pela população gonçalense ao apresentar nossas propostas. A nossa campanha tem sido pautada exatamente na São Gonçalo do futuro, aquela que o cidadão quer e merece. A cidade que desejo entregar para todos os gonçalenses é a mesma que quero para os meus filhos. Quero fazer o que foi feito em Niterói e Maricá. Pense numa cidade voltada a atender os direitos das pessoas. Pense numa economia fortalecida, com a moeda social Tamoio. Pense em São Gonçalo com ônibus gratuito. Pense em levar seus filhos para ter acesso à cultura. Tudo isso é possível com responsabilidade e capacidade de gestão”, frisou o candidato do PT.

Dimas esteve todo o dia ao lado de Marlos Costa, candidato a vice-prefeito e de vários candidatos da coligação São Gonçalo Pode Mais que reúne PT, PDT, REDE, PROS e Podemos.

AGENDA- Neste domingo Dimas tem caminhada pelos bairros Trindade, Porto da Pedra e Praia das Pedrinhas.

Continue lendo

Política

Dimas faz corpo a corpo e fala dos apoios dos prefeitos de Niterói e Maricá (Política) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Dimas Gadelha, candidato da coligação “São Gonçalo Pode Mais” passou a sexta-feira em campanha nas ruas do bairro Mutuá e também no Centro de São Gonçalo. Dimas aproveitou para explicar as propostas de governo como a geração de emprego e renda e do apoio dos prefeitos de Niterói, Rodrigo Neves e de Maricá Fabiano Horta, além do ex-prefeito de Maricá, Quaquá.

“Temos conversado muito com os moradores da cidade, em todos os bairros e o compromisso em fazer de São Gonçalo uma cidade melhor será diário. Vejo a esperança da população em ter um futuro melhor e com mais dignidade e vou lutar por isso, implantando políticas públicas para tal. Eu e Marlos sabemos que a Educação será uma das áreas prioritárias para que tenhamos esse futuro garantido e a geração de emprego e renda também será alvo dos investimentos municipais em nossa gestão”, afirmou Dimas.

Por onde passou o candidato recebeu apoio de populares, ao som do jingle de campanha que enaltece o apoio de Niterói e Maricá.

“O orçamento de São Gonçalo é bilionário e se for bem aplicado em ações para a população dá pra fazer muito. É preciso conhecer a gestão e eu e Marlos sabemos muito bem de gestão pública. Nós estudamos e nos dedicamos a isso, vamos garantir as prioridades. O apoio dos prefeitos de Niterói e de Maricá também são fundamentais, por que nessas cidades a gente vê os governantes priorizarem as ações para a população e não para os empresários, como acontece em São Gonçalo”, explicou Dimas.

AGENDA- SÁBADO (24)- Reuniões com candidatos à vereança da coligação ‘São Gonçalo Pode Mais’.

Continue lendo

Política

Aos 83 anos, morre o senador Arolde de Oliveira , vítima do covid-19 (Rio de Janeiro) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Morreu na noite desta quarta-feira (21), no Rio de Janeiro, o senador Arolde de Oliveira. Aos 83 anos, o parlamentar teve falência múltipla dos órgãos após complicações da Covid-19.

Em post no Twitter, a família citou o Salmos 116:15 (Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos) e agradeceu a todas as manifestações de carinho e orações recebidas durante todos os dias em que Arolde esteve internado.

– Comunicamos que, nesta noite (dia 21 de outubro), o Senhor Jesus recolheu para si nosso amado irmão, senador Arolde de Oliveira. Falecido vítima de covid e, como consequência, a falência múltipla dos órgãos. A família agradece desde já todas as manifestações de carinho e orações recebidas todos estes dias.

Arolde deixa esposa, a empresária Yvelise de Oliveira, e uma filha, a diretora artística Marina de Oliveira.

 

VIDA PÚBLICA
Arolde de Oliveira nasceu no Rio Grande do Sul e dedicou 38 anos de sua vida na carreira parlamentar. Cursou a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e depois se formou como Engenheiro pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) se especializando em Telecomunicações.

Em 2018, Arolde foi eleito ao Senado pelo Rio de Janeiro com 2.382.265 votos. Anteriormente, foi nove vezes deputado federal, Secretário de Transporte do Município do RJ e Secretário de Trabalho e Renda do Estado do Rio de Janeiro. Arolde de Oliveira lutava pela defesa da família.

* Matéria em atualização.

 

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.