Conecte-se conosco

Entretenimento

Apresentador do Se Joga foi confundido com ladrão e acusado de roubar bolsa – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Érico Brás, apresentador do programa Se Joga, da Globo, participou de uma live com Fábio Porchat nesta terça-feira (26/5) e comentou sobre racismo. Ele contou um episódio que foi parado pela polícia e revistado porque uma mulher o confundiu com um assaltante e o acusou de roubar sua bolsa.

Sem citar a data em que o fato ocorreu, Brás explicou que foi logo quando começou a trabalhar como ator no Bando de Teatro Olodum. Segundo ele, quando estava saindo da sessão correndo para o ponto de ônibus, uma viatura encostou ao seu lado. Do carro, saíram dois policiais e uma mulher apontando o dedo para ele e dizendo que ele havia roubado a sua bolsa. O policial o revistou, revirou seus pertences e lhe fez uma série de perguntas.

Ah menino, é você que faz aquela peça?”, questionou a mulher que o acusou de roubar sua bolsa. “Sim, sou eu, que faço o personagem patrocinado”, respondeu ele, interpretando o personagem no ponto de ônibus para que ela validasse a informação de que era ator. “Comecei a fazer a coreografia. Até que ela fala: ‘Não é ele não’”, completou.

“Nesse meio tempo, meu ônibus, que era o último, passou no ponto, pegou quem tinha que pegar. O ônibus foi embora, fiquei sozinho no ponto fazendo o personagem. Os policiais falaram: ‘Vamos embora’. Eu disse: ‘Espere aí. Meu ônibus foi embora, como que eu faço?’. O cara falou: ‘Se vira meu irmão, você é artista. Se vira”, lembrou o apresentador do Se Joga, que está suspenso por conta do coronavírus.

Classificando o caso como um ato de racismo, Brás citou ainda o caso do menino João Pedro, assassinado dentro de sua casa no Rio de Janeiro. Um policial alvejou sua residência com mais de 70 tiros de armas de fogo.

“A arte me salvou. Por um momento eu me vi como um escravo no Mercado Modelo, pulando, provando que eu estava apto pra ser liberto, liberado. Se eu não fosse um artista eu estava fodido. E me assustou ainda mais a autoridade da mulher sobre o Estado. Ela comandava o carro da polícia. São coisas absurdas. É como o João Pedro. Mesmo estando em casa você vai tomar um tiro”, refletiu.

Destaque

Jussara Carioca a “Juju” do Show do Antônio Carlos morre vitima de câncer aos 64 anos (Rio de Janeiro) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

A radialista Juçara Carioca, de 64 anos, morreu na manhã desta quinta-feira, vítima de um câncer no pulmão. Juçara Ferreira Carioca, a Juju, participava do “Show do Antônio Carlos”, na Super Rádio Tupi. O velório de Juçara será na Capela A do Cemitério do Cacuia, na Ilha do Governador, na sexta-feira. O sepultamento está marcado para às 10h do mesmo dia.

Juçara Carioca descobriu a doença no início deste ano. Desde então, ela se dividia entre o “Show do Antônio Carlos” e a quimioterapia. Na ocasião do diagnóstico, Kátia Carioca, filha de Juçara, pediu orações pela mãe. “O que eu peço é oração. Sou muito grata pelo apoio que a minha mãe tem recebido. Ela é alegre, alto astral e tenho certeza que com fé e a corrente de oração de todos nós ela ficará bem em breve”, disse a Rádio Tupi.
O jeito irreverente de contar as fofocas era a marca registrada de Juçara, que trabalhou no “Show do Antônio Carlos” na Rádio Globo e, posteriormente na Rádio Tupi. Ela também teve uma breve passagem pelo “Show do Clóvis Monteiro”.
Continue lendo

Entretenimento

SBT demite equipes e suspende os programas de Patricia Abravanel e Raul Gil – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Após acabar com a equipe do Bom Dia & Cia, o SBT dá início a novas demissões nesta quinta-feira (1º). Desta vez, a emissora decidiu dispensar os funcionários que trabalhavam nas produções dos programas de Patricia Abravanel e de Raul Gil. Até o fim do ano, 500 profissionais perderão seus empregos no Grupo Silvio Santos.

Além disso, o Topa ou Não Topa e o Programa Raul Gil foram suspensos. Eles já não estavam sendo gravados nos últimos meses, mas havia a esperança de que os trabalhos fossem retomados neste trimestre.

Agora que não há uma previsão de retorno, eles podem chegar ao fim definitivamente. Os apresentadores, no entanto, seguem contratados. Mas a decisão sobre o que farão após esse período de crise ainda não foi tomada.

Poucos funcionários destes programas foram remanejados para outras funções, mas 90% das equipes acabaram demitidas. As informações são do site Notícias na TV.

Fonte: Portal Grande Ponto

Continue lendo

Entretenimento

SBT acaba com novelas e dispensa todo o elenco – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

O SBT decidiu dispensar todo o elenco da novela “Poliana Moça”, que seria a substituta de “As Aventuras de Poliana”.

Os contratos vencem em 31 de outubro e não serão renovados.

A emissora se prepara para soltar um comunicado oficial sobre o caso.

E dirá que só retomará as gravações de novelas quando for possível, ou seja, quando a pandemia permitir.

Segundo diretores da casa, não tem como retomar os trabalhos agora por causa da grande quantidade de crianças no elenco.

 

Os atores, familiares e agentes começaram a ser comunicados oficialmente na tarde desta quarta-feira de que os contratos não serão renovados.

Com isso, aguarda-se também informações sobre o destino das demais pessoas da equipe de novelas: direção, produção, roteiristas…

Todos esses profissionais temem ser demitidos ainda nesta semana.

Ao contrário de Record e Globo, que conseguiram se organizar e voltar a gravar suas novelas, adotando rigorosos protocolos de saúde, o SBT estacionou.

E sempre se amparou no fato de que, por causa da grande quantidade de crianças, não poderia voltar a gravar novelas nesse período de pandemia.

Fonte:R7

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.