Conecte-se conosco

Destaque

Arsenal de 80 armas desviadas do Exército Brasileiro é encontra em empresa de Coronel da PM – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Um arsenal com 83 armas 35 delas desviadas do Exército Brasileiro  foi recuperado, nesta sexta-feira, em uma operação conjunta do Exército e da Polícia Civil do Rio. O material bélico foi encontrado na sede da empresa de segurança Guardian Segurança Vigilância, na Avenida dos Mananciais, 684, na Taquara, Zona Oeste da capital. De acordo com a Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), que participou da ação, o estabelecimento pertence ao coronel da reserva da Polícia Militar do Rio Álvaro Fernandes Sabino. O valor do armamento é estimado em torno de R$ 500 mil.

Segundo o delegado assistente da Desarme, Rodrigo Coelho, a operação realizada na sexta-feira foi desdobramento de investigações do Ministério Público Militar, que culminaram na prisão, no ano passado, do tenente-coronel do Exército Alexandre de Almeida. O militar do Exército era chefe do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados. Das 83 armas, 48 ainda não tiveram a origem esclarecida.

 

Caso as armas não tivessem sido apreendidas, elas poderiam ser destinadas a colecionadores, atiradores e acreditamos que isso também estava alimentando milícia e tráfico de drogas, principalmente a parte da munição”, afirmou Coelho

De acordo com o delegado, Almeida é suspeito de ‘requentar’ a documentação de armas encaminhadas para destruição do Exército. “Ele trazia as armas de volta para a rua, para o comércio, clubes de tiro, colecionadores… São armas que estariam destinadas à destruição”, explicou o delegado-assistente da Desarme. “Ele (o coronel da PM Álvaro Sabino) teria recebido essas armas, que deveriam estar destruídas e estavam constando como parte do acervo dele”, acrescentou o investigador.

No meio do arsenal, havia espingardas de calibres variados (12, 22 e 38), pistolas e revólveres, além de carregador alongado, com capacidade de munição superior ao permitido pelo Exército. Os investigadores ainda não sabem como as armas foram repassadas do Exército para a empresa de segurança que pertence ao coronel da PM.

“A gente não sabe se esse tráfico foi direto, se o coronel PM comprou através de intermediário. A gente não sabe a relação direta entre eles, mas é desdobramento da investigação da prisão do coronel militar, de ir atrás das armas que deveriam ter sido destruídas, mas estavam no acervo de algumas pessoas”, detalhou Coelho.

O coronel da PM deve responder por crime de peculato militar e por posse ilegal de arma de fogo e acessórios. O armamento será encaminhado para perícia e depois ao Exército para destinação final.

Em nota, a Polícia Militar informou que “o caso envolvendo o referido policial da reserva será analisado pela corregedoria da corporação. Caso se confirmem os indícios, haverá a instauração de um procedimento apuratório para averiguar a conduta do oficial da reserva”.

APREENSÃO TAMBÉM EM CLUBE DE TIROS

Uma segunda parte da operação de hoje encontrou também farto material desviado do Exército em um grupo de tiros localizado no Centro do Rio, na Rua Beira Mar, 200, apartamento 504. Foram encontradas partes de arma, aparentemente de fabricação artesanal. Foram apreendidos nesse endereço dez canos de arma, carregador e armação de pistola, dez pares de ferrolho (parte de cima) da pistola e um quebra-chamas de fuzil. Esse endereço não tem ligação com o coronel da PM. “É endereço de destinatário de outras armas que também deveriam estar no Exército e foram desviadas de lá”.Rede tv +

Destaque

Creches comunitárias de São Gonçalo pedem socorro – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Prefeito de São Gonçalo não cumpre promessas e deixa funcionários das 33 creches conveniadas com a Prefeitura sem pagamento durante a pandemia. Em áudio amplamente divulgado, José Luiz Nanci promete pagar as creches caso a justiça determinasse o pagamento, mas recorreu e fez nova promessa, dessa vez, através de Eliane Gabriel Nanci, sua esposa que deixou o cargo de chefe de gabinete para trabalhar pela reeleição do marido. É que, ela gravou um vídeo, divulgado nas redes sociais, onde garantia que após decisão da Justiça, a Prefeitura voltaria a pagar os recursos para a merenda das crianças e os salários dos professores, em atraso desde abril.

 

De acordo com Gustavo Marins, advogado que representa cinco das 33 creches, nada além de um recurso foi formalizado até o momento.

 

“Segundo os meus clientes, na reunião realizada na Secretaria de Educação, novamente lhes foi prometido o pagamento, dessa vez para essa semana, embora o prazo para o cumprimento da decisão proferida pelo juiz Alexandre Camacho, da 7ª Vara Cível de São Gonçalo, tenha se encerrado na última quarta feira (21). Pensando nisso e pensando em resguardar os interesses das creches, protocolizei na última semana, o pedido de arresto sobre as contas municipais, a fim de garantir o cumprimento da obrigação imposta pela Justiça”, afirmou o advogado.

 

Em decisão de tutela antecipada, proferida no último dia 8 de outubro, o juiz Alexandre Oliveira Camacho de Franca, titular da 7ª Vara Cível de São Gonçalo, determinou que o prefeito José Luiz Nanci (Cidadania) voltasse a pagar, em até cinco dias e em caráter de urgência, os valores do contrato assinado entre o município e a creche Assistência e Apoio à Criança, do Engenho Pequeno. Em sua decisão, o juiz afirma que “a urgência é patente, vez que aguardar pelo provimento final da lide pode levar os menores ainda que parcialmente assistidos e os funcionários a estado de miséria”.

 

Mas, só que, contrariando o que havia afirmado em áudio distribuído em grupos de whatsapp dirigidos às instituições, onde pedia que os responsáveis pelas 33 creches entrassem na Justiça para que um juiz respaldasse o pagamento dos convênios, diante da excepcionalidade causada pela pandemia de coronavírus, o prefeito José Luiz Nanci recorreu aos desembargadores do Tribunal de Justiça (TJ) contra a decisão do magistrado da 7ª Vara de SG, e até agora não pagou.

 

No recurso (agravo de instrumento), impetrado na última segunda-feira (19) no TJ, a procuradora do município de São Gonçalo, Vivian Scarpi, pede aos desembargadores que “concedam efeito suspensivo”, e que seja “reformada a decisão que determinou o pagamento da verba referente ao mês de setembro de 2020 e das parcelas vicendas”. O recurso está na 27ª Câmara Cível do TJ-RJ, com o desembargador Marcos Alcino de Azevedo Torres.

 

As instituições estão sem receber desde abril e as dívidas não param de acumular. As creches mantiveram o trabalho remoto e também de acompanhamento das famílias durante a pandemia, inclusive enviando material impresso com atividades para serem realizadas em casa. No processo constam inclusives as prestações de contas do trabalho enviado e recebido pela secretaria municipal de Educação. As instituições distribuíram os kits de merenda escolar doados por três meses pela prefeitura, além cestas básicas, kits com material de higiene e de limpeza, máscaras para as crianças e seus familiares, entre outros que conseguem doações com instituições apoiadoras do trabalho.

Continue lendo

Destaque

Embaixadora das Filipinas no Brasil é filmada agredindo empregada (Brasil) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Câmeras de segurança flagraram a embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu B. Mauro, agredindo uma empregada doméstica que trabalha em sua residência. As imagens foram exibidas em uma reportagem do Fantástico, na TV Globo, neste domingo (25).

A vítima, que não teve a identidade revelada, possui 51 anos e vive no Brasil há 2 anos. As agressões exibidas ocorrem em três momentos diferentes.

Em março de 2020, a diplomata atingiu o rosto da empregada com um tapa; em agosto ele puxou as orelhas da mulher, utilizando uma força aparentemente excessiva; em outubro, foi flagrado Marichu utilizando um guarda-chuva para agredir a funcionária.

A primeira agressão foi… assustadora. Imagina? Eu não consegui acreditar nisso. Porque, imagina, uma pessoa com a qual você trabalha todo dia, é a sua chefe. Ela pode ser uma pessoa horrível, mas eu não achava que chegava a esse ponto”, disse uma testemunha, que não quis se identificar, em entrevista à Globo

A reportagem do Fantástico informou ter entrado em contato com Marichu e o Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores do Brasil), atrás de uma resposta oficial das partes, mas não foram respondidos.

Continue lendo

Destaque

Dimas fez corpo a corpo em Alcântara neste sábado (Política) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Dimas Gadelha, candidato da coligação ‘São Gonçalo Pode Mais’ fez corpo a corpo no Centro comercial de Alcântara e distribuiu material de campanha onde apresenta as propostas de governo.

“Tenho sido muito bem recebido pela população gonçalense ao apresentar nossas propostas. A nossa campanha tem sido pautada exatamente na São Gonçalo do futuro, aquela que o cidadão quer e merece. A cidade que desejo entregar para todos os gonçalenses é a mesma que quero para os meus filhos. Quero fazer o que foi feito em Niterói e Maricá. Pense numa cidade voltada a atender os direitos das pessoas. Pense numa economia fortalecida, com a moeda social Tamoio. Pense em São Gonçalo com ônibus gratuito. Pense em levar seus filhos para ter acesso à cultura. Tudo isso é possível com responsabilidade e capacidade de gestão”, frisou o candidato do PT.

Dimas esteve todo o dia ao lado de Marlos Costa, candidato a vice-prefeito e de vários candidatos da coligação São Gonçalo Pode Mais que reúne PT, PDT, REDE, PROS e Podemos.

AGENDA- Neste domingo Dimas tem caminhada pelos bairros Trindade, Porto da Pedra e Praia das Pedrinhas.

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.