Conecte-se conosco

Esportes

Botafogo goleia a Cabofriense por 6 a 2 em sua volta ao Estadual – Banca.com

Publicado

em

Botafogo e Cabofriense se enfrentaram neste domingo, no Estádio Nilton Santos, pela quarta rodada da Taça Rio. A partida marcou o retorno dos dois times no Campeonato Carioca, mais de 3 meses depois do último confronto, devido à paralisação pela pandemia do novo coronavírus. O alvinegro até tomou susto, mas conseguiu aplicar uma bela goleada e assumiu a segunda colocação do grupo A. Com gols de Cícero, Bruno Nazário, Luis Henrique, Caio Alexandre e dois de Pedro Raul, o glorioso venceu por 6 a 2 o lanterna da competição. Emerson Carioca e Diego Sales descontaram para os visitantes.

No retorno do Botafogo aos gramados, muito contestado pela diretoria alvinegra, que queria voltar apenas em julho, o time não demorou para balançar as redes pela primeira vez. Logo aos três minutos, Luis Henrique fez bela jogada pela esquerda, entrou na área e passou rasteiro, cruzado, para Pedro Raul, sem goleiro, que abriu o placar. Aos 14, a Cabofriense assustou. Kaká Mendes fez boa jogada pela esquerda, mas Pedrinho furou de cabeça, dentro da área. Em seguida, foi a vez do alvinegro, que tirou tinta da trave em cabeçada de Luiz Fernando, após belo cruzamento de Danilo Barcelos.

O ritmo do primeiro tempo caiu, até que, aos 36, Luiz Henrique assustou e, apenas dois minutos depois, Cícero ampliou o placar. O volante, que atuou como zagueiro na partida, recebeu na intermediária e chutou forte. A bola desviou no meio do caminho e tirou o goleiro George da jogada. A partida foi para o intervalo e a impressão era de que o Botafogo iria conseguir uma vitória tranquila.

Entretanto, logo aos 5 minutos da segunda etapa, a Cabofriense descontou o placar. O lateral Watson avançou pela direita e cruzou na cabeça de Emerson Carioca. O camisa 7 subiu entre Cícero e Benevenuto e testou com força, marcando para os visitantes. Mas, apenas 4 minutos depois, o Botafogo conseguiu ampliar novamente. Bruno Nazário deu belo passe para Pedro Raul dentro da área. O camisa 9 dominou e chutou com força, balançando as redes.

A partida continuou movimentada. Aos 14 minutos, Diego Sales entrou na área, caiu e, em lance no mínimo duvidoso, o juiz marcou a penalidade. O próprio camisa 10 da Cabofriense bateu e diminuiu. O jogo continuou apertado até os 30 minutos, quando Caio Alexandre deu lindo lançamento para Bruno Nazário dentro da área. O camisa 10 dominou no peito e chutou para ampliar o placar. Sete minutos depois, Luis Henrique pegou a bola pela esquerda, foi cortando para o meio e bateu de fora, rasteiro, no canto, sem chances para o goleiro.

O Botafogo continuou pressionando e criou boas chances com Pedro Raul, Bruno Nazário e Cícero. Então, aos 44 minutos, a bola sobrou na entrada da área para Caio Alexandre, que chutou colocado, no ângulo, fazendo um legítimo golaço e botando números finais no jogo.

Com a goleada, o alvinegro empatou em pontos com o Boavista, ambos com 7, e assumiu a segunda colocação, devido ao saldo de gols. Assim, o Botafogo só depende dele para se classificar para a semifinal da Taça Rio. Na próxima e última rodada da fase de grupos, o time enfrenta a Portuguesa, enquanto o alviverde encara o Flamengo. A Cabofriense, por sua vez, joga contra o Bangu. O clube permanece sem pontuar no torneio, tendo apenas 3 no geral. Todas as partidas vão ser realizadas na quarta-feira (01/07), no mesmo horário. Tupi

Esportes

Globo rescinde contrato de transmissão do Campeonato Carioca – Banca.com

Publicado

em

A Globo anunciou hoje que não vai mais transmitir o Campeonato Carioca. A emissora rescindiu o contrato que mantinha com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e com os Clubes, mas manterá os pagamentos desta temporada.

No entendimento da Globo, o contrato foi violado ontem, quando a FlaTV exibiu ao vivo a partida entre Flamengo e Boavista. De acordo com o contrato, a Globo tinha exclusividade na transmissão dos jogos do Campeonato Carioca. A Federação e onze Clubes assinaram o compromisso. A exceção foi o Flamengo. Na ocasião da assinatura e por várias temporadas em que o contrato foi cumprido, a legislação brasileira previa que, para a transmissão de qualquer partida, era necessária a obtenção de direitos dos dois Clubes envolvidos. Legalmente, ninguém poderia transmitir os jogos do Flamengo no Carioca e só a Globo poderia transmitir os demais.

No dia 18 de junho, a Presidência da República editou a Medida Provisória 984, passando ao mandante dos jogos os direitos de transmissão. O Flamengo se baseou nessa MP para transmitir a sua partida ontem no Maracanã. A Globo entende que a Medida Provisória não poderia alterar um contrato celebrado antes de sua edição e protegido pela Constituição.

Como a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e os demais Clubes não foram capazes de garantir a exclusividade prevista no contrato, não restou à Globo outra alternativa além da rescisão e o encerramento das transmissões dos jogos do Carioca – incluindo os três jogos de hoje que encerram a quinta rodada da Taça Rio e que seriam exibidos no Sportv e no Premiere.

A Globo é parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas e entende a importância do esporte para Clubes, jogadores, marcas e torcedores. Exatamente por isso, apesar da decisão de rescindir o contrato imediatamente, a Globo está disposta a fazer os pagamentos restantes desta temporada, em nome da sua parceria histórica com o futebol e da sua boa relação com as equipes. Mas acredita que o futebol só será capaz de vencer as inúmeras dificuldades com planejamento e segurança jurídica para aqueles que investem altas quantias nesse negócio tão importante para o Brasil e para os brasileiros.”

Fonte: Globo Esporte

Continue lendo

Esportes

Morre Marinho, ídolo do Bangu, aos 62 anos em Belo Horizonte – Banca.com

Publicado

em

Morreu nesta segunda-feira (15) o ex-jogador do Bangu Marinho. Ele era atacante a no time que foi vice-campeão do Brasileirão em 1985 e foi eleito o melhor jogador do torneio. A morte foi confirmada pelo próprio clube.

Continue lendo

Esportes

Ex-técnico da Seleção, Vadão morre aos 63 anos vítima de câncer – Banca.com

Publicado

em

Técnico campeão Catarinense com o Criciúma em 2013, Oswaldo Fumeiro Alvarez, o Vadão, morreu nesta segunda-feira, dia 25, vítima de complicações relacionadas a um câncer no fígado. Ele tinha 63 anos de idade e passava por tratamento desde o início do ano, quando fez sessões de quimioterapia, no entanto, a doença evoluiu para outros órgãos. O Criciúma decretou luto de três dias e o bandeirão do Estádio Heriberto Hülse ficará a meio mastro.

Vadão estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde a semana retrasada. Segundo informado pelo portal Futebol Interior, o corpo será encaminhado para Monte Azul Paulista, onde acontecerão velório e sepultamento. A cerimônia será restrita aos familiares por conta da pandemia do novo coronavírus. Vadão deixa sua esposa Ana Alvarez e dois filhos, Adriano e Carolina Alvares.

Vadão comandou o Tigre no último título conquistado pelo clube, em 2013, em cima da Chapecoense, então treinada pelo técnico Gilmar Dal Pozzo. Naquele time campeão estadual também estavam jogadores como SuelitonMatheus Ferraz e Marlon.

Ao longo da carreira como treinador, Vadão dirigiu grandes equipes como São Paulo, Athletico Paranaense, Guarani, Ponte Preta e Corinthians. Também se destacou comandando o Mogi Mirim na década de 90, com craques como VálberLeto e Rivaldo. O último trabalho dele foi na Seleção Brasileira feminina, quando dirigiu a equipe na Copa do Mundo de 2019, caindo nas oitavas de final para a França. Após o torneio, acabou demitido do cargo. Divulgação

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.