Conecte-se conosco

Destaque

Cachorro espera há um mês na porta de unidade de saúde pelo dono que morreu no local – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Funcionários do Cais Urias Magalhães, em Goiânia, além de comerciantes da região, estão comovidos com a história de um cachorro que espera há mais de um mês pelo dono na porta da unidade de saúde. Segundo eles, o proprietário do vira-lata era morador de rua e chegou até o local acompanhado pelo cachorro, mas acabou falecendo no mesmo dia. Desde então, o Negão – como foi apelidado pelos funcionários – não sai da porta da unidade.

De acordo com a auxiliar administrativa do Cais, Rose Ribeiro, o cachorro passa o dia todo na porta onde o dono deu entrada, como se esperasse que ele retornasse pelo mesmo local.

“Ele fica bem na entrada, aonde o paciente entrou ele ficou. Como ele não podia entrar aqui, ficava bem na porta de vidro”, conta.

Cachorro que fica na porta de Cais pede carinho para a comerciante Maria Azevedo, em Goiânia, Goiás — Foto: Lis Lopes/G1
Cachorro que fica na porta de Cais pede carinho para a comerciante Maria Azevedo, em Goiânia, Goiás (Fotos: Lis Lopes/G1)

De tanto ver o vira-lata no local – sempre abatido – a Maria Azevedo, dona de uma banca de caldo de cana que fica em frente ao Cais, decidiu cuidar do animal.

O marido de Maria, Francisco Azevedo, também ajuda a cuidar do Negão.

“Nos primeiros dias ele estava bem assustado. Procurei cuidar dele, dar carinho, água, já que ele estava tão solitário. Depois ele foi acostumando com a gente”, conta.

Cachorro que fica na porta de Cais ganha carinho de comerciantes, em Goiânia, Goiás — Foto: Lis Lopes/G1
Cachorro que fica na porta de Cais ganha carinho de comerciantes, em Goiânia, Goiás (Foto: Lis Lopes/G1)

Adoção

Maria conta que não tem condições de adotar o Negão, pois já tem duas cachorras grandes em casa e atualmente também cuida de outro cachorro de rua, que está com câncer e precisa passar por cirurgia.

“A gente espera que alguém o adote, porque está difícil aqui para gente cuidar dele. E ele é porte grande, então precisa de um lugar com espaço”, comenta.

Cachorro fica na porta do Cais Urias Magalhães, em Goiânia, Goiás — Foto: Lis Lopes/G1
Cachorro fica na porta do Cais Urias Magalhães, em Goiânia, Goiás (Foto: Lis Lopes/G1)

A comerciante Thamera Katiuscia conta que frequenta o Cais Urias Magalhães há um mês para um tratamento e, desde então, vê o Negão por lá.

“Trago comida para ele, trouxe vermífugo também. Já tem um mês que venho e o vejo por aqui. Torço para que alguém se sensibilize e o adote. Eu, infelizmente, não posso”, diz.

O guarda municipal Ediel Fernandes Souza, que trabalha no local, também tem acompanhado a rotina do Negão.

“O dono dele chegou aqui mal e veio a óbito no mesmo dia, e o cachorro ficou na porta como se estivesse esperando uma resposta. Agora ele vai adaptando com o pessoal daqui, mas nem sempre ele tem o tratamento que ele precisava ter se tivesse um dono”, relata.

Cais Urias Magalhães, em Goiânia, Goiás, onde cachorro espera pelo dono, que morreu no local — Foto: Lis Lopes/G1

Destaque

Homem é preso suspeito de matar ex-namorada com tiro na cabeça (BRASIL)-Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Um jovem de 22 anos, identificado como Arthur Lima Aires, foi preso na noite desta segunda-feira (19) por suspeita de matar a ex-namorada. A estudante Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com um tiro na cabeça, no Bairro Novo, em Boqueirão, Região Metropolitana de Campina Grande, na Paraíba. O rapaz não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com investigações da Polícia Civil, o suspeito chegou à rua Amaro Antônio Barbosa, armado, e teve com uma discussão com o atual namorado da vítima. Quando Viviane tentou defendê-lo, o ex atirou na cabeça dela.

Moradores queriam agredi-lo o rapaz, que tentou fugir, mas foi atropelado. Os relatos foram publicados em reportagem do portal G1.

A mãe da vítima, Jacione Gonçalo, informou que, quando Viviane terminou o namoro com Arthur, ele foi até a casa da família tirar satisfação, com violência. “Eu disse que ele não tinha mais nada a ver com minha filha, para procurar outra pessoa, que ele não viesse mais na minha casa”, diz.

O suspeito foi encaminhado, primeiramente, para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande para receber atendimento e, em seguida, levado para a delegacia, onde foi autuado por homicídio doloso (quando há intenção de matar).

Continue lendo

Destaque

Gato é o primeiro animal infectado com coronavírus no Brasil (Brasil)-Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

O caso é investigado pela Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) de Cuiabá e o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) da cidade reforçou a importância das pessoas infectadas pelo novo coronavírus ficarem isoladas também de seus animais de estimação.

Segundo, Moema Blatt, gestora do Cievs, os gatos podem manifestar a covid-19, mesmo que de forma praticamente assintomática.

De acordo com o jornal O Globo, o animal infectado é uma gata com poucos meses de vida. Além disso, mais um gato e um cachorro da mesma família também estão sendo avaliados como possíveis contaminados.

Coronavírus: como cuidar de cachorros e gatos durante isolamento

A contaminação de gatos tem acontecido desde os primeiros meses da pandemia. Em abril o caso de dois animais foram confirmados com diagnósticos positivos para a covid-19 nos Estados Unidos.

Depois disso, em maio, um estudo divulgado pela New England Journal of Medicine, uma renomada internacionalmente revista científica, confirmou que, de fato, o coronavírus é capaz de infectar gatos, como se suspeitada.

Segundo a pesquisa, é possível que haja a contaminação entre os animais, além das infecções provenientes de humanos.

Mas é importante destacar que, até o momento, não há nenhum caso e nenhum estudo científico que comprove a contaminação pelo novo coronavírus em humanos que tenha ocorrido por meio de uma transmissão animal.

Continue lendo

Destaque

Homem obriga companheira a filmá-lo fazendo sexo com galinhas e é condenado a três anos de prisão (Brasil) Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Um homem, de 37 anos, obrigou a esposa a filmá-lo fazendo sexo com galinhas. O caso foi revelado pelo site “Daily Star.

O acusado também teria imagens de abuso sexual infantil em seu computador, além de ter feito sexo com um cachorro.

O homem foi ouvido nesta segunda-feira (19) pelo Tribunal da Coroa de Bradford e teria sido descrito como “manipulador e controlador”.

Os vídeos caseiros seriam armazenados em uma pasta do computador chamada “vídeos de família”.

“Você não está apto para criar ou cuidar de nenhum animal depois do que fez”, disse o juiz do caso. O magistrado também considerou os vídeos “simplesmente além da compreensão” e o homem como “depravado, pervertido e desprezível”.

Ele  foi condenado a três anos de prisão.

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.