Coronavac tem eficácia de 78% contra a Covid-19 em estudo no Brasil – Banca.com

Visualizações 4 A CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceira com a empresa chinesa Sinovac Biotech, teve uma eficácia comprovada de 78% contra a Covid-19 nos testes de...
Governor João Doria presents China's Sinovac Biotech Covid-19 vaccine on July 21, 2020 in Sao Paulo, Brazil as it is being tested. (Photo: Antonio Molina/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)

A CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceira com a empresa chinesa Sinovac Biotech, teve uma eficácia comprovada de 78% contra a Covid-19 nos testes de fase 3 realizados no Brasil.

Os dados foram revisados na Áustria pelo Comitê Internacional Independente, que acompanha os ensaios realizados em São Paulo e em outros estados do país.

Após três adiamentos do anúncio da eficácia da CoronaVac, o Butantan prometeu anunciar nesta quinta o grau de efetividade da vacina na prevenção da Covid-19 e convocou uma entrevista coletiva para as 12h45 na sede do instituto, na zona oeste de São Paulo.

Leia também

Após invasão, Congresso certifica vitória de Biden; Trump promete ‘transição ordeira’ mas repete acusações

Qual o risco de o Brasil repetir em 2022 o que Trump faz nos EUA?

MP que permite compra de vacina sem o aval da Anvisa abre caminho para acordo do governo federal com a Pfizer

Em nota sobre a reunião que fará com o Butantan, a Anvisa afirmou que deve se manifestar após o encontro. Há possibilidade de a agência divulgar em comunicado após a reunião sobre a eficácia da vacina apontada pelos estudos em Fase 3.

O Butantan já tem em solo brasileiro 10,8 milhões de doses da CoronaVac. A expectativa do instituto é chegar a 46 milhões de doses em janeiro e 100 milhões em maio.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que participará da coletiva desta quinta-feira, reiterou na véspera que a vacinação no Estado começará dia 25 de janeiro.

Também na véspera, durante pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, citou a CoronaVac entre os imunizantes que estarão no Programa Nacional de Imunização e previu o início da vacinação para este mês.

Categorias
Notícias
Sem Comentários

Deixe uma resposta

Tempo
Horóscopo
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

POSTS RELACIONADOS