Evangélica desaparece a caminho da igreja no Rio – Banca.com

Visualizações 0 Familiares buscam por informações que ajudem a descobrir o paradeiro da pensionista Graciete Maria Sanches da Silva, de 68 anos. Ela está desaparecida desde a manhã do...

Familiares buscam por informações que ajudem a descobrir o paradeiro da pensionista Graciete Maria Sanches da Silva, de 68 anos. Ela está desaparecida desde a manhã do último dia 1º, quando saiu de casa, no bairro Granjas Cabuçu, no distrito de Manilha, em Itaboraí, na Região Metropolitana, para ir em uma igreja evangélica em Del Castilho, na Zona Norte da capital.

Daisy Sanches, filha da idosa, explica que a mãe, ao menos duas vezes por semana, tinha o hábito de ir para o Rio e acompanhar os cultos na Catedral da Fé, da Igreja Universal do Reino de Deus, na Avenida Dom Helder Câmara. Como de rotina, Graciete passou no trabalho da filha para se despedir. “Ela veio no meu trabalho e eu a acompanhei até o ponto de ônibus e me despedi. De lá pra cá ainda não conseguimos mais nenhuma informação sobre ela, apenas uma vizinha que disse ter visto minha mãe parada no ponto de ônibus no mesmo dia”, explica a fiscal de supermercado.

A família diz que já esteve em hospitais e nos IMLs da região, mas não tiveram notícias sobre a pensionista. A aposentada não sofria de doenças e não tem a prática de dormir fora de casa.

O caso foi registrado na 74ª DP (Alcântara). Segundo a filha de Graciete, os agentes disseram que as investigações do desaparecimento serão de responsabilidade da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), que fica na sede da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), em Niterói.

“Os policiais explicaram que já providenciaram a transferência dos documentos para a delegacia especializada. Agora é ter fé para encontrar minha mãe”. Informações O Dia

Categorias
DestaqueGeral
Sem Comentários

Deixe uma resposta

Tempo
Horóscopo
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

POSTS RELACIONADOS