Conecte-se conosco

Destaque

Minas Gerais tem mais de 2 mil pessoas desabrigadas nas últimas 48 horas. – Banca.com

Publicado

em

As chuvas que caíram nos últimos dois dias em Minas Gerais causam danos em cidades do estado, principalmente as localizadas na Grande BH. Segundo informações da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), por meio do seu coordenador tenente-coronel Flávio Godinho, moradores de 16 cidades diferentes já ficaram desabrigadas ou desalojados nas últimas 48 horas.

Segundo Flávio Godinho, 1,9 mil pessoas estão desalojadas no estado, ou seja, estão morando provisoriamente em equipamentos públicos ou em casa de parentes. Outras 400 estão desabrigadas, o que totaliza 2,3 mil com suas moradias afetadas pela chuva.
Além disso, o estado tem três mortes confirmadas, vítimas de um deslizamento em Ibirité, na Grande BH. Outras duas pessoas ainda estão desaparecidas em relação a essa ocorrência. Os trabalhos continuam durante à noite.
Ainda de acordo com o tenente-coronel, uma pessoa se feriu durante as chuvas na cidade de Abre Campo, no interior do estado.
Em Rio Piracicaba, também no interior, 44 detentas do presídio local foram remanejados para a unidade prisional de Ponte Nova.
“Nosso efetivo está muito voltado a Raposos e Sabará, além de Ibirité que solicitou agora”, ressaltou o militar.
Novamente conforme a Defesa Civil, o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) está recolhendo doações para as vítimas da chuva. O mesmo vale para a Cruz Vermelha.

Rios

“Preocupante” é a avaliação do tenente-coronel Flávio Godinho sobre o Rio das Velhas. Segundo ele, a chuva que poderá chegar nas próximas horas agrava a situação devido ao nível do rio.
De acordo com ele, a Cemig acompanha a situação ao lado da Defesa Civil para que o quadro não se agrave.

Chuva forte

Trovoadas e uma tempestade, ao contrário da chuva constante dos últimos dias: essa é a previsão do meteorologista Guilherme Schild, do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam).
De acordo com Guilherme, a tempestade deve durar duas horas e resultará em uma quantidade de 100 milímetros. Depois, seguirá pela madrugada até a manhã deste sábado, quando a Grande BH deve ter uma estiagem.
Por isso, as equipes da Defesa Civil vão continuar em campo, bloqueando acesso a áreas de risco, segundo Godinho. EM

Destaque

Cruz Vermelha Brasileira distribuirá mil quentinhas no Anaia em parceria com o Mesa Brasil Sesc – Banca.com

Publicado

em

Programa de combate à fome e ao desperdício de alimentos, o Mesa Brasil Sesc RJ chegará à São Gonçalo nesta quinta-feira, 9 de julho. A ação é fruto de uma parceria com a Cruz Vermelha Brasileira e distribuirá refeições para os moradores do bairro Anaia Pequeno.

Serão distribuídas mil refeições a pessoas impactadas pela crise provocada pela Covid-19 no município. As doações serão destinadas a moradores do Anaia Pequeno e região, e estarão concentradas na Assembleia de Deus Missão Profética, Rua Francisco Espargoli, 6, ao lado da subestação do Anaia Pequeno.

A produção dos alimentos para distribuição começa às 8h, nas cozinhas do Sesc RJ com o preparo das refeições. O caminhão de entrega chega ao meio-dia.

A Cruz Vermelha atua cedendo voluntários e também realizará a distribuição de centenas de máscaras de TNT, tricoline, algodão, entre outros materiais laváveis.

De acordo com o presidente municipal da Cruz Vermelha Brasileira/São Gonçalo, a parceria já está estabelecida em outras regiões do Estado, através da Cruz Vermelha regional e agora beneficiará São Gonçalo.

“Acompanhei de perto as doações em comunidades do Rio de Janeiro e vejo com grande satisfação que o Mesa Brasil do Sesc chegue em São Gonçalo, onde temos moradores passando muita dificuldade nestes tempos de pandemia. Também estaremos fazendo a distribuição de máscaras laváveis para a população local”, declarou o presidente, Márcio Dias.

Continue lendo

Destaque

Fechamento da emergência do hospital Estadual Alberto Torres sobrecarrega o pronto socorro de São Gonçalo – Banca.com

Publicado

em

O atendimento no Pronto Socorro de São Gonçalo aumentou em cerca de 40% nesta terça-feira (07). A causa foi o fechamento da emergência do Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, por atraso nos salários dos funcionários,

Durante todo o dia o entra e sai de ambulâncias do Samu, Corpo de Bombeiros e particulares agitou a única unidade de urgência e emergência do município que funciona no regime de “portas abertas”.

Com uma equipe formada por quatro clínicos, três cirurgiões, dois ortopedistas, dentista, intensivista e profissionais de rotina e apoio, o PSC teve a rotina alterada desde as primeiras horas do dia.

— Minha mãe torceu o pé e procuramos o Hospital Geral, mas disseram que estava fechado, sem atendimento. Mandaram a gente vir para o pronto socorro – contou a balconista Vivian Soares, de 33 anos, que socorreu a mãe Matilde, após um tombo.

A direção do Pronto Socorro de São Gonçalo, administrado pelo Instituto InSaúde, teve que reforçar a quantidade de insumos e medicamentos na unidade. A mesma medida foi tomada em outros hospitais da prefeitura
.

Continue lendo

Destaque

Após um mês internada paciente deixa o Pronto Socorro de SG curada de Coronavirus – Banca.com

Publicado

em

A alegria tomou conta dos funcionários do Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Pronto Socorro de São Gonçalo na tarde desta terça-feira (07). Após testar positivo para o Covid-19 e ficar 30 dias internada em estado grave, a comerciante Solange Costa da Silva, de 56 anos, deixou a unidade de urgência e emergência sob aplausos da equipe técnica e de familiares.

A paciente deu entrada para internação no pronto socorro após o exame de tomografia mostrar comprometimento nos pulmões. Ela também chegou com falta de ar e saturando 65%. “Eu só lembro de ter entrado aqui. Depois apaguei. Não lembro de mais nada”, contou a comerciária.

Solange Costa foi entubada horas depois de ser internada. Enfermeiros do CTI e da unidade coronariana, que cuidaram da paciente durante quase um mês, relatam o seu estado grave.

— Ela chegou, foi estabilizada, mas logo em seguida os médicos decidiram pela entubação. Era uma paciente muito grave. Só Deus para agir e fazer ela se curar – garantiram os profissionais.

E a família da paciente assina embaixo. Os cinco filhos de Solange mandaram estampar camisas com o poema “Para hoje e sempre: Gratidão”. O mimo também tinha a foto da mãe, que ganhou muitos beijos e abraços ao deixar o pronto socorro de São Gonçalo.                  ir

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.