Conecte-se conosco

Saúde

País não terá UTIs suficientes se 9% da população pegar Covid-19 – Banca.com

Publicado

em

A velocidade do avanço do coronavírus no Brasil – o último balanço registrou 1.891 casos confirmados no país – preocupa porque mesmo as previsões mais otimistas mostram que o sistema hospitalar não será capaz de amparar todos os pacientes que contraírem a Covid-19 e precisarem de atendimento. No caso das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), que se fazem necessária em casos mais graves, o cenário é dramático, sobretudo em áreas do Nordeste e na região metropolitana do Rio de Janeiro, provavelmente os primeiros locais a enfrentarem um colapso.

Um estudo recém-divulgado pelo Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (Ieps) mostra que, em um cenário no qual 9% dos brasileiros peguem Covid-19 ao mesmo tempo e 5% deles precisem de UTI por cinco dias, 53% das regiões de saúde (áreas que englobam cidades com características parecidas) precisariam ter o dobro de leitos em relação à quantidade atual.

Este cenário, porém, pode ser até otimista e a realidade ainda mais grave, dado que o próprio Ministério da Saúde acredita que a epidemia só começará a perder força no Brasil quando mais de 50% dos brasileiros forem infectados.

Os cinco dias de UTI também parecem pouco para o que está ocorrendo até agora. A primeira paciente a ter sido diagnosticada com Covid-19 no DF, por exemplo, está internada na UTI do Hran há 20 dias e, em estado gravíssimo, não tem previsão de alta.

A falta de UTIs no Brasil é um problema estrutural, que, de repente, o país precisa resolver com urgência”, avalia o médico sanitarista Adriano Massuda, um dos autores da pesquisa e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em São Paulo. “Temos que, ao mesmo tempo, correr muito atrás do prejuízo e adotar medidas que impeçam que muitas pessoas se infectem ao mesmo tempo e sobrecarreguem ainda mais o sistema”, completa ele, que considerou insuficientes as medidas anunciadas até agora pelo governo para aumentar o número de UTIs (veja abaixo).

Em um cenário um pouco mais pessimista, com 20% da população infectada na mesma época, 294 das 436 regiões de saúde do país não dariam conta de atender os pacientes graves em UTIs – o que inevitavelmente faria a taxa de letalidade da Covid-19 avançar (sem contar os indicadores das outras doenças com necessidade de atendimento urgente).

Destaque

Pronto socorro de São Gonçalo tem mais quatro internados com suspeita de Covid-19 – Banca.com

Publicado

em

Aumento para quatro o número de pacientes internados no pronto socorro de São Gonçalo com suspeita de coronavirus. Todos estão em isolamento e recebendo atendimento conforme determina a conduta para o traramento da doença.

O pronto socorro esta semana criou um consultório exclusivo para atender pacientes com síndromes virais. Um médico e um enfermeiro realizam todo o procedimendo necessário no local. Com isso evita aglomerações nos outros consultórios médicos.

Entre os pacientes internados esta Isaias Romualdo da Silva, de 50 anos. De acordo com boletim médico o seu quadro é estável.

Seguindo protocolo da vigilância epidemiológica, o paciente não pode receber visitas ou ter acompanhante. Mas a família do paciente, morador do bairro Porto Novo, vem arrumando uma série de atritos na unidade de saúde desde que ele foi internado.

— Já explicamos dezenas de vezes o protocolo médico, as normas da vigilância sanitária, mas a família insiste em.querer vê-lo. Ele está em isolamento. Temos que preservar a vida dos familiares, dos amigos e dos vizinhos — garantiu equipe que cuida do paciente .

A imagem pode conter: carro, céu e atividades ao ar livre
Continue lendo

Destaque

Professora de São Gonçalo morre com suspeita de coronavírus – Banca.com

Publicado

em

A Secretaria de Saúde de São Gonçalo informa que a professora Luciara Peçanha, 58 anos, moradora do bairro Coelho, faleceu neste sábado (28), com suspeita de Coronavírus (Covid-19). O caso está sendo investigado pela vigilância epidemiológica do município e posteriormente, após resultado dos exames, serão divulgadas maiores informações para a conclusão do caso.

Ela estava internada em um hospital da rede privada no município de Niterói.

Luciara Peçanha era professora da Escola Municipal Estephânia de Carvalho, no bairro Laranjal, e prestava importante serviço para o município. A Secretaria Municipal de Educação presta condolências a sua família e amigos.

Continue lendo

Saúde

Mulher morre vítima de coronavírus e filho é o único no enterro – Banca.com

Publicado

em

A família estava em isolamento domiciliar. Mulher de 71 anos estava internada com pneumonia.

Devido à ordem de quarentena para evitar a transmissão do novo coronavírus, o filho de uma das vítima da Covid-19 foi o único presente no enterro da mãe, nessa segunda-feira (23/03), no Rio de Janeiro.

“Tive que sepultar minha mãe sozinho. Se fosse em condições normais, ela teria milhões em seu enterro”, afirmou o empresário Christiano Bandeira de Mello, que perdeu a mãe de 71 anos. Ele concedeu entrevista à revista Época.

Segundo o empresário, a vítima sofria de problemas prévios de saúde. “Minha mãe fumava, tinha sobrepeso. Ela começou a perceber com a tosse e a falta de ar, essa doença é assim. Quem não está numa condição de saúde boa corre risco, sim. Não pode banalizar”, desabafou.

Ele contou que a mulher foi encaminhada ao hospital com uma pneumonia nos dois pulmões, mas ao descobrir a doença, ficou em isolamento até o momento da morte.

Ainda não se sabe onde a paciente teria contraído o vírus. A família suspeita que a transmissão tenha ocorrido em viagens para o Uruguai ou França, ou em um casamento onde demais pessoas foram infectadas.

(Metrópoles)

Fonte: Porto Alegre 24h

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.