Polícia Civil combate pirataria digital de filmes em 12 estados – Banca.com

Visualizações 1 ma operação para combater crimes praticados contra a propriedade intelectual foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (01/10/2019) em 12 estados brasileiros. São eles, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato...

ma operação para combater crimes praticados contra a propriedade intelectual foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (01/10/2019) em 12 estados brasileiros. São eles, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraíba, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo.

Batizada de Operação 404, a ação cumpre 30 mandados de busca e apreensão, bloqueio e suspensão de 210 sites e 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo, desindexação de conteúdo em mecanismos de busca e remoção de perfis e páginas em redes sociais.

De acordo com as investigações, os 10 websites piratas de filmes e séries com maior volume de tráfego no Brasil receberam, no ano passado, cerca de 1,3 bilhão de visitas. Além disso, essas plataformas auferiram R$ 17 milhões em publicidade entre agosto de 2015 e agosto de 2016.

A ação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Segundo a pasta, o nome da operação faz referência ao código de resposta do protocolo HTTP para indicar que a página não foi encontrada ou não está disponível. As medidas judiciais são executadas pela Polícia Civil de cada estado.

“Pirataria é crime e não brincadeira”, comentou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, em rede social nesta sexta-feira (01/10/2019).

Minas Gerais
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu cinco mandados de busca e apreensão para coibir a pirataria de sinal de TV a Cabo. A ação foi realizada em Belo Horizonte, Montes Claros e Baependi.

De acordo com as investigações, os suspeitos vendiam a assinatura de TV a Cabo por R$ 20 por mês. As negociações eram feitas por meio da internet. A PCMG identificou, inclusive, que a base de um dos sites é nos Estados Unidos.

“Todos eles já estão fora do ar”, informou a corporação, em nota divulgada à imprensa. Os comerciantes que praticam este tipo de ação podem responder pelo crime de violação de direitos autorais. (Com informações da Agência Brasil)

Categorias
DestaqueGeral
Sem Comentários

Deixe uma resposta

Tempo
Horóscopo
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

POSTS RELACIONADOS