Polícia impede mulher de ser executada por traficantes – Banca.com

Visualizações 110 Uma manhã de tensão no chamado ” Complexo do PPR”, nome em alusão às comunidades do Perpétuo, Pimentel e Rosário. A Polícia Militar foi acionada para verificar...

Uma manhã de tensão no chamado ” Complexo do PPR”, nome em alusão às comunidades do Perpétuo, Pimentel e Rosário.
A Polícia Militar foi acionada para verificar a denúncia de que traficantes do Comando Vermelho estariam deixando a comunidade do Rosário pela parte alta das comunidades para ir executar uma mulher no Pimentel. As guarnições do Patamo e Dpo São foram rapidamente para o local afim de impedir a covardia. As equipes se dividiram pelos acessos da comunidades , e quando os vagabundos viram a viatura fugiram para a divisa das três comunidades, batendo de frente com a outra parte das equipes. Houve uma rápida troca de tiros, alguns vagabundos se jogaram na mata da comunidade e outros fugiram pela Serra do Cavalo.

O MOTIVO :

– Segundo algumas pessoas disseram no local para os policiais, o motivo seria em razão de uma dívida de drogas, o famoso ” derrame”, daí a ordem para executar a mulher.

– Já outras pessoas disseram que na verdade foi em razão do ex companheiro pegar a mulher na cama com outro, aí teria chamado os ” amigos da boca” para ajudar a resolver o caso.

Enfim, seja por dívida de drogas ou pelo corno , parabéns para a Polícia Militar que impediu esta covardia.

Equipe TOTÓ ONLINE

Categorias
Polícia
Sem Comentários

Deixe uma resposta

Tempo
Horóscopo
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

POSTS RELACIONADOS