Conecte-se conosco

Notícias

Praia de Copacabana fica cheia no último domingo do verão apesar do alerta para conter coronavírus – Banca.com

Publicado

em

Muitos cariocas e turistas ignoraram o alerta do governo e marcaram grande presença nas praias da cidade neste domingo (15), o último deste verão. Diante da pandemia do coronavírus, a orientação é para que a população evite aglomerações, o que inclui abrir mão do lazer a beira mar.

Sob céu claro e sol forte, com a temperatura máxima podendo chegar a 34°C, a Praia de Copacabana, uma das mais famosas do país, estava cheia na manhã deste domingo. Apesar da grande presença de banhistas, no entanto, o movimento era menor que o habitual para um dia típico de verão carioca e havia muitos espaços vazios na areia.

Com 24 casos confirmados e 76 suspeitos, o Rio de Janeiro é o segundo estado com maior incidência de coronavírus no país, atrás apenas de São Paulo. Diante da escalada da doença, o governador Wilson Witzel publicou, na sexta-feira (13), decreto que proíbe a aglomeração de pessoas em locais públicos.

Witzel disse que, se for necessário, poderá usar a Polícia Militar para interditar as praias do Rio para impedir a aglomeração de pessoas. O objetivo é evitar a proliferação do vírus.

 

“Nós não permitiremos aglomeração na praia. O momento é de ficar em casa para que possa ser controlada a epidemia”, disse o governador.

O decreto do governador Wilson Witzel que proíbe aglomeração de pessoas é válido por 15 dias, mas as medidas serão reavaliadas após o fim do prazo.

 

Medidas de preventivas

 

Para conter o avanço da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, a Prefeitura do Rio e o governo do estado estabeleceram diversas medidas para restringir a aglomeração de pessoas.

Foi determinado o cancelamento de shows e grandes eventos, além de proibido o funcionamento de teatros e cinemas. Aulas também foram suspensas e diversas repartições públicas restringiram atendimento presencial, inclusive as delegacias.

As medidas, que também são tomadas por outras prefeituras e governos estaduais do país, fazem parte das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para tentar conter a pandemia. Para além das medidas coletivas, a organização tem reforçado a importância das atitudes de cada pessoa para tentar controlar a disseminação do vírus e manter a sustentabilidade dos sistemas de saúde.

Segundo os especialistas ouvidos pelo G1, todas as medidas tomadas até agora estão sendo para evitar o colapso no sistema de saúde. A ideia é que a infecção não aconteça em um número grande de pessoas ao mesmo tempo para que haja um prazo maior de ação. Por isso, segundo eles, as atitudes individuais e coletivas de prevenção são fundamentais.

As principais forma de ações individuais são:

 

 

  • higienizar as mãos, tossir ou espirrar no braço e evitar sair de casa no caso de sintomas.
  • As principais ações coletivas, são: evitar aglomerações e ir em hospitais somente em caso de emergência.
  • Caso haja uma contaminação rápida e elevada da população, o sistema de saúde pode entrar em colapso.
  • Um dos pontos de atenção, no Brasil, é a quantidade de leitos de UTI, que pode ser um problema em caso de descontrole dos contágios.
  • As atitudes tomadas pelos agentes públicos são para evitar o colapso.
  • As ações só funcionarão se houver colaboração da sociedade.

Notícias

Mulher dá a luz dentro de um ônibus em Araruama – Banca.com

Publicado

em

Em mais um episódio da deficiência da saúde araruamense que não possui sequer uma maternidade, uma mãe deu a luz na manhã de hoje, dentro de um ônibus da linha São Vicente, distrito de Arararuama.

Continue lendo

Notícias

Senado aprova proposta de adiamento do Enem – Banca.com

Publicado

em

O Senado aprovou hoje (19) um projeto de lei (PL) que adia a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em virtude da pandemia do novo coronavírus. O PL teve 75 votos favoráveis e um voto contrário. O projeto não firma um novo prazo para realização das provas, ficando dependente da evolução da situação epidemiológica. O texto segue para a Câmara.

O Enem teve, até agora, 3,5 milhões de inscrições , e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, defende a realização da prova na data prevista. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as inscrições vão até a próxima sexta-feira (22). As provas do Enem estão marcadas para 1º de novembro (linguagens, códigos e suas tecnologias; redação; ciências humanas e suas tecnologias) e 8 de novembro (ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias). Também serão previstas provas digitais, nos dias 11 e 18 de outubro.

Em seu relatório, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) defendeu o adiamento da prova para garantir a igualdade de condições entre candidatos. “Lembremos, que nossos alunos das escolas públicas não tiveram sequer dois meses de aula completados neste ano letivo. Seria muito injusto submetê-los à já desigual concorrência que caracteriza os processos de acesso à educação superior”.

Izalci também citou a situação das universidades, principalmente as públicas. Para ele, não adianta realizar uma prova de acesso às universidades sem saber em que condições elas estarão no primeiro semestre do ano que vem. “O ambiente de incerteza que nos atinge também condiciona as suas atividades. Elas só abrirão novas vagas quando dispuserem de todos os meios para tanto”.

A autora do projeto, Daniella Ribeiro (PP-PB), destacou que muitos estudantes não conseguem estudar em casa por falta de recursos técnicos ou por ter que cuidar da família. “Quantos têm condições de pagar uma plataforma de streaming, um EAD [ensino à distância]? Que possamos colocar rostos nessas pessoas que estão em casa, cuidando de irmãos pequenos, em casas com cinco, seis pessoas e não têm um espaço para estudarem sozinhos”.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, reconheceu os esforços do líder do governo na Casa, Fernando Bezerra (MDB-PE), mas afirmou que a posição da maioria das lideranças no Senado se posicionava a favor da votação e aprovação da matéria. “A gente não tinha como não tomar essa decisão, até porque foi por praticamente a unanimidade dos líderes. Ressalvando as ponderações do ministro, precisávamos deliberar um assunto que tinha a unanimidade dos partidos”.

Justiça

Além do Parlamento, a Justiça também se debruça sobre o tema. Ontem (18) a Defensoria Pública da União (DPU) entrou com recurso no Tribunal Regional Federal da 3ª Região pedindo que a decisão de manter o exame durante a pandemia do novo coronavírus seja revista. Em abril, o órgão conseguiu uma liminar favorável ao adiamento das datas da prova, mas a medida foi derrubada pelo desembargador Antônio Cedenho atendendo a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU).

Nesta terça-feira, o ministro da Educação  anunciou que o governo vai abrir consulta direta, por meio da internet, aos candidatos inscritos no Enem para decidir a data de realização das provas deste ano. De acordo com o Weintraub, a consulta deve ocorrer na Página do Participante no final de junho. ebc

Continue lendo

Destaque

Colégio em São Gonçalo fecha as portas, deixando pais de alunos desorientados!

Publicado

em

Pais de alunos da rede de ensino CNEC foram pegos de surpresa em meio ao caos da pandemia da covid-19,na última terça feira dia 05 de maio de 2020 a direção da escola encaminhou aos responsáveis um e-mail por onde o Banca de Notícias teve acesso(Abaixo),informando sobre o fechamento da Unidade Cenecista Felipe Tiago Gomes no bairro da Covanca em São Gonçalo.

Em relatos pais confirmam que até o dia 04 de maio de 2020,os alunos da rede CNEC estariam recebendo aulas online,e isso só foi possível devido ao investimento em equipamentos  que os próprios professores, estiveram que arcar do próprio bolso,assim devido ao fechamento da rede CNEC alunos ficaram sem aulas e professores sem empregos e com dividas dos equipamentos adquiridos por eles mesmo.

E-Mail  enviado aos Pais

Em nota os responsáveis dos alunos dizem ainda estar, em estado de choque por não saberem aonde irão matricular seus filhos,pois devido ao caos da pandemia covid-19 escolas encontram-se fechadas e sem vagas para novas matriculas.

A equipe do Banca de Notícias tentou entrar em contato com a secretaria de educação  da cidade a fim de saber como ficará a situação dos alunos,mas até o presente momento não obtivemos resposta.

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.