Conecte-se conosco

Polícia

Vulgo Vela” e dois suspeitos são mortos em confronto com a PM em Cabo Frio – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Uma Operação contra o tráfico de drogas na tarde de sexta – feira (22), deixou três mortos, e um preso na comunidade do Manoel Corrêa, (Favela do Lixo) em Cabo Frio.

De acordo com a PM, a operação foi realizada para prender uma quadrilha organizada do tráfico de drogas, após informações privilegiadas os policias foram até as Dunas, onde realizaram um cerco tático e estratégico para prender todos os integrantes.

Ainda de acordo com a PM, mais de 8 suspeitos ao verem a viatura policial entrando na comunidade, começara a atirar, os agentes desembarcaram da viatura onde revidaram a injusta agressão.

Jair Francisco Dias Ferreira Junior “Vulgo Vela” morreu no confronto com mais dois integrantes de sua facção, Vulgo Bruninho e o outro não identificado.

Vela foi preso no dia 25 de Abril de 2019, após uma operação da policia civil e militar denominada em Reza Vela, onde prendeu Vela e sua quadrilha.

Na época eles foram presos em um barco de luxo na Praia dos Anjos em Arraial do Cabo.

Vela foi solto no dia 16 de março de 2020, de acordo com a 126ª DP uma semana após sua soltura havia um mandado de prisão contra ele.

Na noite de quinta-feira (21), policias do GAT receberam informações, que Vela ia distribuir drogas dentro da comunidade, os agentes foram até o local mais o mesmo fugiu ao ver os policias, deixando mais de 1300 pinos de cocaína para trás, sendo apreendido pela guarnição.

Os corpos dos três jovens, foram levados para o IML de Macaé, a perícia de Cabo Frio esteve no local.

Armas e drogas foram apreendidas, sendo três presos, onde foram autuado no artigo 33 tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo no fato análogo.

A ocorrência foi registrada na 126ª DP de Cabo Frio. RLagos

Polícia

Homem é preso após atropelar um sargento da Polícia Militar (Rio de Janeiro) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Um jovem de 23 anos foi preso no início da tarde deste sábado (24), após atropelar um sargento da Polícia Militar, identificado como Araújo, durante uma perseguição policial na Rua Pinheiro Machado, antiga Rua Guanabara, no bairro Laranjeiras, na Zona Sul do Rio.

O policial foi socorrido levado para o Hospital Central da Polícia Militar. O estado de saúde não foi informado.

De acordo com a PM, uma equipe do programa Laranjeiras Presente, realizava patrulhamento de rotina, quando em patrulhamento pela rua Pinheiro Machado, sentido Túnel Santa Bárbara, nas proximidades do Palácio Guanabara, os agentes avistaram uma movimentação estranha na Rua Marquês de Pinedo, e ao chegar no local para verificação, foram informados por uma vítima, que a mesma havia acabado de ter sido assaltada por um rapaz armado, vestido com um casaco, e que o mesmo teria empreendido fuga a pé sentido Rua Paissandú.

Os agentes realizaram busclobe avistou um policial em perseguição de um veículo modelo Jeep Compass, que estaria vindo na contramão da Rua Paissandú, sentido Pinheiro Machado. Neste momento, na esquina da Rua Pinheiro Machado com a Rua Paissandú, uma equipe de motopatrulha bloqueou a via, e ao se deparar com a via bloqueada o acusado atropelou o sargento, abandonou o veículo e tentou empreender fuga a pé, deixando cair ao solo um revólver calibre 38 milímetros, carregado com 04 munições intactas.

Ainda segundo a polícia, os policiais do motopatrulha conseguiram capturar o acusado.

Ainda no local o mesmo foi reconhecido por três vítimas diferentes. As partes foram conduzidas para 12° Delegacia Policial (DP), de Copacabana, onde o caso foi registrado.

Continue lendo

Polícia

Presos PM e um homem autores de homicídio de jornalista e pré-candidato (homicídio) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Policiais da 118ª (Araruama), com apoio das 124ª DP (Saquarema) e 129ª DP (Iguaba Grande), prenderam, neste sábado (24), dois envolvidos na morte do jornalista e pré-candidato a vereador Leonardo Soriano Pereira Pinheiro, conhecido como Léo Pinheiro. O crime aconteceu em maio deste ano, no bairro Parati, em Araruama.

De acordo com os agentes, a vítima estava realizando entrevista com moradores da região quando foi abordada, em plena luz do dia, por dois homens em um carro. Um criminoso encapuzado mandou que o jornalista se ajoelhasse e o executou.

Segundo as investigações, a motivação do crime seria que Leonardo, também líder comunitário, estaria arregimentando eleitores na região em que um dos presos, que é policial militar, reside. A mulher do PM é candidata ao cargo de vereadora em Araruama e o policial já foi candidato a deputado estadual e a vereador em 2018 e 2016, respectivamente.

Os dois autores do crime foram presos no bairro Parati. Com eles, os agentes encontraram duas armas, dois carros e um jetski. Fonte A Tribuna

Continue lendo

Polícia

Garota de 18 anos é baleada na cabeça na porta de boate no centro de Alcântara (São Gonçalo) – Banca.com

ADMINISTRADOR

Publicado

em

Uma jovem de 18 anos foi morta com um tiro na cabeça no final da madrugada desta sexta-feira (23) enquanto trabalhava na Boate 488, que fica na Rua Coronel Rocha Sobrinho, em Alcântara. Ela foi baleada após uma confusão na qual um homem tentou entrar no estabelecimento sem pagar.

Segundo informações, o autor dos tiros tentou entrar sem pagar na boate, mas foi impedido. Ele chegou a discutir com os seguranças do local. Foi quando ele sacou uma arma e efetuou os disparos no estabelecimento. A jovem foi atingida na cabeça.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e teria levado a jovem para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), localizado no Colubandê. No entanto, a mesma não resistiu aos ferimentos e veio à óbito na manhã desta sexta-feira (23).  Fonte OSG

Continue lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 Portal de Notícias - Coisas incríveis no mundo dos negócios nunca são feitas por uma única pessoa, e sim por uma equipe - Todos Direitos Reservados.